MUSA DO BLOG

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Difundindo a mensagem evangélica através da NCTV

AS MISSAS CELEBRADAS NA MATRIZ E REGIÃO SÃO TRANSMITIDAS AO VIVO



Por Sérgio Oliveira

Fotos: Sérgio Oliveira/Divulgação 

A Igreja tem que estar de “portas abertas” e “ir às periferias”. Assim disse Jorge Mario Bergoglio ou Papa Francisco. A maioria dos lares possui um aparelho de televisão. É pensando nisso a Igreja Católica de São José do Calçado, no Sul do Estado, lançou um canal de televisão disponível também na web com o objetivo de difundir a mensagem evangélica, um passo a mais para se aproximar dos mais afastados, e daqueles fieis, que de uma forma ou outra, não podem estar presentes na missa dominical.

Local onde é gravado  o programa " A hora do Angelus" com o Padre Demerval Gomes

Idealizado pelo castelense Padre Demerval Gomes, que desde 2013 reside na Paróquia de São José do Calçado, o canal NCTV é uma das ferramentas que o próprio utiliza como diretriz em sua caminhada, procurando a cada dia evoluir mais. E ainda na central do Canal há uma ampla plataforma multimídia.

Conforme Demerval Gomes, em 14 de agosto de 2011, nascia a NCTV, na Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Piúma, litoral da Diocese. E algum tempo depois, em 2013, ao ser transferido para a Paróquia São José, em São José do Calçado, não deixou o seu trabalho de lado, ao contrário, ‘arregaçou as mangas’ e levou toda a estrutura para a nova paróquia.

Demerval  ‘arregaçou as mangas’ e levou toda a estrutura da NCTV para a nova paróquia.

-A sigla NCTV é proveniente do inglês. Na tradução simplificada significa TV de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. É uma das minhas ferramentas de trabalho que utilizo como diretriz em minha caminhada. Enquanto estava na paróquia de Piúma, ajudei a alavancar a rádio local. Posteriormente, já em São José do Calçado, reformulei o site da paróquia e instalei a NCTV, onde procuro a cada dia evoluir mais-, disse o pároco.

Demerval revela que a missa das 19 horas, aos domingos, são todas transmitidas ao vivo. E que tem um estúdio, todo equipado, montado e uma equipe pronta para gravação e transmissão ao vivo. 

-Temos um canal no Youtube onde disponibilizamos os nossos vídeos. Gravamos vários eventos e acontecimentos, dentro e fora do nosso estúdio. Se o Departamento de Comunicação vier em nossa Paróquia, podemos entrevistá-lo ao vivo. Fazemos transmissões ao vivo de eventos externos. A NCTV está disponível a todas as mídias com acesso à internet (celular, tablete, computador, Smart TV, entre outros) e conta com centenas de vídeos. São mais de 400 gravações, entre missas, recados, chamadas e bênçãos. Uma infinidade de conteúdo, esperando apenas para ser acessado. Falando de acesso, são mais de 5 milhões de visualizações no canal do youtube. Acesse, divulgue e acompanhe a NCTV de São José do Calçado-, finaliza o clérigo.

NO ESTÚDIO


Em visita ao Estúdio da NTCV, o Blog Last-Minute News conversou com o responsável pelas filmagens, fotografias e edição de imagens, Rodolfo Figueiredo, 19 anos. Segundo o profissional a câmera é o artefato mais importante para se fazer um vídeo e filmar. Que para se fazer filmagens em locais que tenham uma boa iluminação, o profissional impetrará resultados satisfatórios até com uma câmera fotográfica de boa qualidade. 

-Sempre visamos usar de preferência equipamentos que filmem em alta definição (HD). Que tenham a opção de se acoplar um microfone externo. Quanto mais opções por filmadoras, mas caro vai ser-, disse.


Filmadoras usadas na NTCV e  pqsjc.com.br

Responsável ainda pelo site pqsjc.com.br, onde tudo passa pela aprovação dele antes de serem postados, Rodolfo explica que o som do vídeo, aos ouvidos dos leigos, talvez seja o elemento mais subestimado. Que provavelmente é o artefato que mais dar a aparência de profissional para o trabalho. É Junior Almeida, 23,  editor de videos, fica responsável pela filmagem e transmissão das missas. 

Junior Almeida é responsável pela filmagem e transmissão das missas. Ele é editor de vídeos.

Junior Almeida em uma filmagem externa

-Quando se tem uma boa captação de som ajuda a passar melhor a mensagem. Sendo assim não cria a necessidade do usuário ter de aumentar o volume do dispositivo em que esteja assistindo ao vídeo. Isso faz toda a diferença. O clássico microfone de mão é o ideal para filmagens no estilo repórter, em que se entrevista pessoas. Não podemos esquecer que é bastante útil para a gravação de textos “em off”. Quanto ao microfone de lapela - preso à roupa da pessoa -, e muito usado para vídeos em que há grande movimento e poucas pessoas em quadro. Ressalvo que uma grande quantidade de canais de áudio pode confundir um iniciante, gerando muita interferência entre os microfones. É bom verificar se a câmera tenha a opção de um microfone externo-, avalia, reforçando que ainda tem o microfone direcional, chamado tradicionalmente de “boom”. Que é usado para situações em que o som de várias pessoas mais o áudio ambiente precisam ser captado. 

O profissional revela que mesmo com uma luz simples, é importante dar o realce certo aos componentes principais do vídeo, garantindo que as imagens tenham mais qualidade e a experiência de visualização do espectador esteja acima do melhor. Que usando os pontos de luz apropriados, incluindo vídeos caseiros podem ganhar aspecto de vídeo profissional, gravado em estúdio particularizado. E se a 'grana' estiver escassa, caso deseja fazer vídeos, garantindo boa iluminação com pouco investimento vai precisar de três tipos de luz: O Sungun, o Softbox e a luz de fundo-, explana.

Estudante de Educação Física, UNIG Campus V, esclarece que após gravar as imagens e o som, e dada à largada para editar o vídeo. E um dos elementos mais importantes, uma vez que horas de gravação se transformam em poucos minutos bem finalizados. Que é necessário ter um computador considerável.

-Um computador padrão, com bom processador, o Core i5 e quantidade de memória RAM (4 gigabytes é razoável) é o ideal para editar a maioria dos vídeos. Porém se editar grandes quantidades de imagens ou vídeos muito longos, muda o panorama. Sendo assim tem que se investir em uma configuração mais possante, exclusiva para edição de vídeos. Pode custar mais de R$ 10 mil uma ilha de edição profissional para atender a esses requisitos. Se quiser começar somente com o computador indico os seguintes softwares: Adobe Premiere Pro – Ferramenta profissional, que depreca noções intermediárias/avançadas e Camtasia Studio – Ferramenta para iniciantes e fácil de usar-, relata.


Rodolfo revela que um computador padrão, com bom processador, o Core i5 e quantidade de memória RAM (4 gigabytes é razoável) é o ideal para editar a maioria dos vídeos.


Finalizando aponta que em muitos vídeos, o tripé não é necessário, sobretudo quando há muito circulação ou se ambiciona dar uma estética mais fim-de-século às cenas. Que deve ficar a atento se o modelo é compatível com a câmera.

-Dê preferência para os modelos de filmagem, que comportam movimentações como o travelling durante a gravação. Ainda que não seja essencialmente um equipamento para ser colocado no estúdio de gravação, o cenário faz a diferença na hora de fazer vídeos. Não vai surgir efeito se tiver uma câmera HD ou um microfone excelente para fazer um vídeo e o ambiente for um lugar sujo e mal iluminado. O cartão de vista do profissional torna-se escuro quando não há sintonia no local de trabalho, resumido ficará sem crédito no mercado. O cenário é a medida que a balança do consumidor pesa e dá a sentença final. Para avaliar se o vídeo é de boa qualidade ou ruim é bom utilizar a técnica de chroma key na edição dos seus cenários-, conclui.


domingo, 28 de agosto de 2016

CONCENTRAÇÃO DO 12: CUÍCA e DEYVISON SIMÕES (SJC)